Pratos tipicos da Coréia do Sul

 

Olá K-linds eu estava meio sem ideias de matérias para colocar no blog, e então eu estava sem entrar mas agora eu já sei oque eu posso postar para vcs...... Eu vou falar de uma coisa muito legal que eu aposto que muitos kpoppers gostam eu vou falar sobre os pratos famosos e coloridos da Coréia eu aposto que as pessoas que já provaram de algum adoraram e as pessoas  que gostariam de saber como é o gosto então eu já vou falando um pouco sobre eles para quem gostaria de saber as receitas e um pouco mais do que é feito eu ñ vou 

deixar escapar nenhum detale então vamos lá ver como são legais...... 


     Saudável. Eis uma boa palavra para definir a gastronomia coreana. Ninguém aqui come muito e é raro encontrar alguém muito acima do peso. Isso porque a base da culinária local é composta por vegetais e por pratos que vêm sempre em pequenas porções.
Uma refeição típica na Coréia do Sul é composta por três elementos fundamentais.

O primeiro deles é o kimchi.




Trata-se do bom e velho repolho. Mas muito, muito condimentado. O kimchi  está presente em todas as refeições da Coréia. O mais comum é justamente o da foto acima: só repolho com especiarias. Mas há outros tipos de kimchi, que vêm sempre em potinhos.


No começo de cada refeição, o garçom vem e começa a botar os potinhos. No mínimo quatro. Às vezes, seis ou oito, dependendo da qualidade da refeição. Chega a assustar. Mas, quanto mais kimchi, mais chique. E mais variedade você tem à disposição na mesa.

O segundo prato básico da gastronomia coreana é a sopa.



Sempre muito apimentada. Até mais que o kimchi. Na sopa, sempre vão alguns vegetais, cogumelos e alguns frutos do mar.
Para completar o triunvirato da culinária coreana, não poderia faltar o… arroz.



Sempre rola um potinho de metal desses, com um arroz empapado, bem ao gosto de quem vive na Ásia.


 Pessoinhas agora eu vou colocar as receitas de outros pratos para vcs tentarem fazer em casa e sentir como é bom ainda mais para as pessoas que nunca provaram.


Receita de Manduguk
Dificuldade: Fácil
Tempo de Preparo: 1 hora

Ingredientes

Massa do Mandu:
3 de farinha de trigo
2/3 de água
¼ (chá) de sal

Recheio do Mandu:
200 gramas de carne de boi bem picada ou moída
100 gramas de brotos de feijão
200 gramas de repolho
100 gramas de tofu
4 champignons
1 ovo

Para temperar o Recheio:
1 (sopa) de óleo de gergelim
1 (sopa) de molho de soja
2 (sopa) de cebola picada
1 (chá) de alho picado
2 (chá) de sal
pimenta-do-reino a gosto

Para o Caldo:
½ (sopa) de molho de soja
8 de água
sal e pimenta-do-reino a gosto
150 gramas de carne de boi

Modo de Preparo

Massa:
Peneire juntos a farinha e o sal. Adicionar, aos poucos, 2/3 de xícara de água e trabalhar a massa até que firme. Colocar a massa em uma tigela e cobrir com uma toalha. Deixar descansar até a hora de utilizar. Fazer rolos com a massa, imitando o tamanho de salsichas. Cortar em fatias. Abrir cada fatia com um rolo, formando pequenos círculos de espessura bem fina. Rechear.

Recheio:
Picar a carne bem miúda e dourar em óleo quente. Cozinhar rapidamente os cogumelos e os brotos de feijão e picar. Picar também o repolho e a cebolinha verde. Misturar todos estes ingredientes (exceto o a carne picada) com as 100 gramas de brotos de feijão. Colocar a mistura em uma toalha limpa e apertar até escorrer todo o líquido. Misturar a carne que já dourada com os vegetais que foram espremidos na toalha e temperar.

Caldo:
Misturar todos os ingredientes e ferver por 1 hora. Coar e empregar.

Montagem Final:
Colocar cerca de ½ colher (sopa) de recheio em umas das metades dos círculos de massa e cobrir com a outra, formando uma meia-lua. Unir as duas pontas da meia-lua e pressionar firmemente (o formato é semelhante ao de um capeleti). Cozinhar os mandus no caldo de carne, adicionar sal se necessário. Quando os bolinhos boiarem na superfície do caldo, adicionar ½ xícara de água fria e levar para ferver novamente. Transferir a sopa para os pratos de servir e decorar cada um deles com fatias de ovos fritos. Servir a seguir.







Receita de Bibimbap
Dificuldade: Fácil
Tempo de Preparo: 45 minutos

Ingredientes

3 de arroz oriental
3 e ½ de água
½ cenoura, fatiada do tamanho de palitos de fósforo
110 gramas de carne de boi moída ou bem picada
1 pepino, cortado em rodelas de 2,5 mm
1 folha de muk (geléia vegetal) fatiado
pasta de pimenta vermelha temperada
100 gramas de espinafre
50 gramas de brotos de feijão
1 folha de alface crespa
3 cogumelos shitake fatiados
4 ovos

Pasta de Pimenta Vermelha Temperada:
4 (sopa) de pimenta vermelha sem pele e sem sementes picada, passada pelo liquidificador
1 (sopa) de sementes de gergelim
1 (chá) de óleo de gergelim
1 (sopa) de açucar

Para Temperar a Carne:
cebolinha verde picada
pimenta-do-reino
óleo de gergelim
molho de soja
alho picado

Para Temperar o Espinafre:
sementes de gergelim
óleo de gergelim
sal

Para Temperar o Broto de Feijão:
cebolinha verde picada
sementes de gergelim
óleo de gergelim
alho picado
sal

Para Temperar os Cogumelos:
óleo de gergelim
sal

Modo de Preparo

Lavar o arroz. Deixar de molho por 30 minutos e escorrer. Colocar em uma panela, adicionar 3 e ½ xícaras de água e levar ao fogo, sem tampar. Cerca de 10 a 15 minutos depois que ferver, reduzir a chama e cozinhar com a panela tampada por mais 5 minutos. Não destampar a panela durante o cozimento, pois fará o arroz desandar. Temperar a carne. Colocar um pouco de óleo em uma frigideira grande e fritar, mexendo sempre até cozinhar. Reservar. Salpicar o pepino, a cenoura e os cogumelos com sal. Deixar descansar por 5 minutos. Passado este tempo, escorrer a água que se formar. Temperar cada vegetal separadamente. Reservar. Levar ao fogo uma frigideira para esquentar, adicionar um pouco de óleo de gergelim e fritar rapidamente, mexendo bem, as rodelas de pepino até que sua cor fique bem viva. Retirar e colocar em um prato para que esfrie. Na mesma frigideira, refogar separadamente e da mesma forma o espinafre, a cenoura e os cogumelos consecutivamente. Em uma outra frigideira fritar os ovos em óleo não muito quente, sem virá-los, para que não se quebrem ou cozinhar demais as gemas. Reservar. Preparar a pasta de pimenta vermelha, misturando bem todos os ingredientes.

Montagem Final:
Colocar o arroz em uma tigela de servir. Arrumar por cima os vegetais já preparados e as tiras de geléia. Enfeite com a alface. Finalizar colocando os ovos sobre o prato. Servir guarnecido com a pasta de pimenta.




Receita de Betchu Kimchi
Dificuldade: Fácil
Tempo de Preparo: 4 horas e 30 minutos

Ingredientes

1 (chá) de glutamato monossódico
4 (sopa) de açucar
4 (sopa) de sal
2 de pimenta vermelha em pó
2 nabos cortados em tiras no sentido diagonal
1 maço de cebolinha verde picada
5 dentes de alho esmagados
3 acelgas

Modo de Preparo

Cortar cuidadosamente cada acelga ao meio. Desidratar, salpicando com o sal e deixando descansar por 4 horas. Adicionar à pimenta os demais ingredientes, menos a acelga, e mexer bem com as mãos. Se quiser amenizar o sabor da pimenta, diminuir a quantidade dela na mistura a seu gosto. Enxagüar as acelgas salgadas em bastante água fresca, escorrer bem e espremer para extrair o máximo de água possível. Colocar com as mãos pequenas quantidades da mistura de pimenta entre as folhas de acelga. Fechar bem cada folha depois da adição dos temperos, formando um “pacote”. Acondicionar os “pacotes” em vasilhas bem fechadas. Deixar fermentar por um dia ou dois em temperatura ambiente. Cortar em pedaços antes de servir. O kimchi deve ser guardado na geladeira depois de pronto e dura bastante tempo. Quando começa a azedar, os coreanos ainda o aproveitam para fazer sopa.

 Então pessoal eu espero que vcs tenham gostado desse matéria e eu espero que vcs gostem das proximas.




 Bjs: Jenyfer .







Nenhum comentário:

Postar um comentário